sexta-feira, 1 de julho de 2011

Rubem Alves: Ovo frito


"Gosto muito de ovo. Ovo frito. Ovo escaldado, com pão torrado. coisa boba, o fato é que comecei a pensar sobre as razões porque gosto de ovo. Lembrei-me...Meu pai era viajante. Passava a semana fora de casa. Voltava às sextas-feiras, no trem das oito. Noite escura, o trem das oito vinha apitando na curva, resfolegando de cansado, expelindo enxames de vespas vermelhas, chamuscava uma paineira, entrava na reta, passava a dez metros da nossa casa, todos nós estávamos lá, o pai com a cabeça de fora, sorrindo, e todos corríamos para a estação. Ele vinha com fome e sujo. Água quente não havia. Mas não tinha importância. Da leitura do Evangelho havíamos aprendido de Jesus, no lava-pés, que quem está com os pés limpos tem o corpo inteiro limpo. A coisa, então, era lavar os pés. E esse era o costume geral lá em Minas. Minha mãe esquentava água no fogão de lenha, punha numa bacia e eu lavava os pés do meu pai. Depois de limpo, ele se assentava à mesa e o que tinha para comer era sempre a mesma coisa: arroz feijão, molho de tomate e cebola, ovo frito e pão. Ele me punha assentado ao joelho e comia junto. Ah, como é gostoso comer pão ensopado no molho de tomate, pão lambuzado no amarelo mole do ovo! Era um momento de felicidade. Nunca me esqueci. Acho que quando enfio o pão no amarelo mole do ovo eu volto àquela cena da minha infância. Os poetas, somente os poetas, sabem que um ovo é muito mais que um ovo..."

Do livro:  "Ostra feliz não faz pérola - pág. 35"
Imagem:   Pinterest - Egils Steinberg

3 comentários:

Beth/Lilás disse...

Por isso gosto tanto dele, pois sua vida é contada sem floreios, verdadeira e pura, simplesmente linda!
bjs cariocas

Kika Diniz disse...

Oi minha querida, só mesmo vc com esse texto lindo pra me fazer lembrar de um dos raros momentos de carinho de meu pai, quando cozinhava cerca de 3 ou 4 ovos moles e quebrava todos dentro de uma "caçulinha Tupperware" e bem cedinho tirava os 4 filhos da cama e dividia em colheradas esses ovos...
Uma rocha, que também podia sentir carinho é assim que o vejo, mas as vezes me esqueço que ninguém é mau ou bom por inteiro!
Coincidência né?! ovos...
Bjs.

POR CARLOS EDUARDO DEVIENNE FERRAZ disse...

Eu sempre gostei de ovo, feito gemada, suspiro, ovo quente, ovo cozido, ovo frito, omelete, tortilha, ovo na vitamina, gema crua, fios de ovos, ovo e bife, mexido, farofa de ovo, salada de ovo, ovo com pão, tudo que tem ovo é bom e alimenta!

Acho que sou fã do ovo, hahahah...
bjs